Não seja uma vítima

O Krav Maga na metodologia UNIKRAV desenvolvida principalmente para trazer segurança e aumentar auto estima de seus adeptos, muitas mulheres começam a praticar devido ao medo, e com isso venho a coragem.

Muitas vezes o medo de dirigir à noite sozinha.

Todo momento é importante reforçar os princípios de igualdade entre homens e mulheres em nosso dia a dia.

Mas, ao que tudo indica não há tanta coisa a ser comemorada, já que o sexo feminino tem que conviver em pleno 2020 com o machismo, menores salários, discriminação, diferentes tipos de violência, etc.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), coletados em 35 países, mostram que 52% das mulheres foram agredidas fisicamente em algum momento da vida e entre 10% e 30% também foram vítimas de violência sexual por parte do parceiro ou pessoa do ciclo de convivência.

Em novembro do ano passado, uma pesquisa também da OMS revelou que uma em cada três mulheres no mundo é vítima de violência doméstica.

Em todo o caso, lembre-se de que é essencial treinar com o auxílio de um profissional.

Meamen Edilson

Ou seja, o quadro definitivamente não é dos mais animadores.

O Mapa da Violência, elaborado pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), aponta que o Brasil tem uma taxa de 4,8 homicídios por cada 100 mil mulheres, a 5ª maior do mundo.

Com o intuito de mudar essa realidade, a UNIKRAV Universidade do Krav Maga, sob a supervisão do Meamen Barrir Edilson Francisco Coração de Leão, CEO UNIKRAV Universidade do Krav Maga, realiza desde 2013 seminários para mulheres sobre defesa pesssoal.

De acordo com o Meamen Barrir Edilson Francisco Coração de Leão, a modalidade consegue dar a mulher a opção de se defender, ensinando a usar os pontos sensíveis do agressor como alvo.

Ela não precisa usar de força bruta e consegue fazer com que um algoz muito mais forte seja tirado de ação.

Cresce a busca de adeptas femininas

O Meamen conta que normalmente um aluno com 6 meses de treino já tem uma noção de defesa pessoal muito grande.

É importante esclarecer que não existe nenhuma contraindicação para a prática, nem por sexo e idade.

Venha fazer uma aula experimental conosco, aumentando sua auto-estima com habilidades de defesa pessoal que podem salvar a sua vida ou a de um ente querido.

Ainda de acordo com ele, o sexo feminino é visto como “frágil” sendo assim, elas são constantemente agredidas de diversas maneiras.

O que o Krav Maga consegue fazer é mostrar que, mesmo mulheres sendo fisicamente mais fracas que os homens têm condições de reagir em uma situação de extrema necessidade.

No Brasil em torno de 30% dos alunos regulares da modalidade são mulheres.

Mas a verdade é que muitas mulheres eu já não possuiam força, jeito, físico nem psicológico para viver naquela tensão.

E praticar krav maga pode ser uma das experiências mais libertadoras que uma mulher pode experimentar, porque a primeira descoberta é que força não importa tanto assim.

Você pode, sim, se defender de alguém maior do que você.

Físico a gente desenvolve, psicológico a gente trabalha.

É o máximo da auto estima.

“O krav maga te condiciona e, quando você tem segurança, está preparada psicologicamente e fisicamente, você simplesmente reage, ninguém espera que a mulher vá reagir.

Não há regras para a prática do Krav Maga. Homens e mulheres recebem o mesmo treinamento, porém recomenda-se que crianças frequentem a partir dos 7 anos devido a psicomotricidade.

Os princípios gerais incluem:

Contra-atacar assim que possível (ou atacar preventivamente).

Focar ataques nas áreas mais vulneráveis e sensíveis do corpo, como genitais, olhos, mandíbula, garganta, joelhos, Etc.

Neutralizar o oponente o mais rápido possível, respondendo com um fluxo contínuo de contra-ataques, e, se necessário, matar/aleijar.

Manter consciência dos arredores enquanto lida com a ameaça para perceber rotas de fuga, mais ameaças, objetos útil para defesa e ataque e assim por diante.

O treinamento básico mistura exercícios aeróbicos e anaeróbicos.

Aparadores, manoplas, protetores e outros equipamentos de proteção pessoal podem ser utilizados durante o treinamento.

Cenários são utilizados para treinar pessoas para situações típicas encontradas no patrulhamento por ruas ou em situações de combate.

Em todo o caso, lembre-se de que é essencial treinar com o auxílio de um profissional.

Meamen Edilson

Estes cenários ensinam os estudantes a ignorar distrações paralelas e focar na agressão.

Outros métodos de treinamento para aumentar o realismo incluem o uso de vendas ou exercitar os alunos até a quase exaustão antes de lidar com ataques simulados, além de treinamentos em ambientes externos, em locais variados, emsituaçõe s incapacitantes ou restritivas.

O treinamento também cobre o reconhecimento da situação para que o aluno desenvolva uma compreensão de seus arredores, e de circunstâncias antes da ocorrência de um ataque.

Ele também aprende a lidar com situações menos violentas, e a utilização de métodos verbais para evitar a violência sempre que possível.

Publicações relacionadas

O Dia Internacional da Mulher

Krav Maga para moradores de condomínio vip

Krav maga para crianças e jovens